quarta-feira, setembro 13, 2017

COMO SABER A HORA CERTA DE SAIR DE UM RELACIONAMENTO?



Eu sempre costumo dizer que os relacionamentos existem para nos mostrar de maneira clara e amorosa o que há em nós a ser melhorado, trabalhado, evoluído. E eu realmente já fiz grandes transformações internas a partir de pequenos casos amorosos – quem dirá relacionamentos longos e duradouros. Mas tenho observado, pelas experiências alheias e as minhas próprias, que existe um ponto no meio desse caminho absurdamente difícil de ser respondido, que é: como saber a hora certa de sair de um relacionamento que ainda me traz aprendizados?

Afinal, se este relacionamento ainda agrega na minha evolução, por pior que ele esteja, não seria o certo continuar? Não costumamos pensar que as pessoas entram na nossa vida com um propósito? Ora, se a vida colocou ele (ela) aqui e está ruim, desconfortável ou incômodo, é porque tenho que aprender a lidar com isso, não é?!

Lindo! Perfeito! Eu realmente concordo com esse pensamento! Mas e se você, assim como eu, começar a perceber que este relacionamento está mostrando mais o seu pior lado ao invés do melhor? E se você começar a sentir que está mais difícil do que deveria, que este relacionamento está virando um fardo, ainda assim, deve continuar em nome do autoconhecimento?

É preciso analisar fria e racionalmente: até que ponto este relacionamento está lhe fazendo bem? O parceiro ou parceira com quem você está estende a mão para lhe ajudar a melhorar estes conflitos? Ele ou ela facilita ou dificulta sua transformação?

Eu aprendi pacientemente que alguns relacionamentos estão fadados a nos servirem apenas de aprendizado (não que isso seja pouca coisa). O que quero dizer é que algumas pessoas entrarão na nossa vida com o único intuito de nos fazer enxergar nossos “defeitos”, tudo aquilo que precisa ser trabalhado e melhorado, a fim de que possamos ter um relacionamento mais saudável. Como se fossem anjos, amigos, conselheiros, que entram, fazem uma bagunça, reviram todo o nosso quarto interno, abrem gavetas, jogam os sentimentos pra cima como se fosse uma grande festa e depois ficam ali, nos olhando, como quem diz: “agora arruma, o quarto é teu, não tenho nada a ver com isso.”

Pode parecer coisa de gente má, que não gosta da gente, que é sacana, e na maioria das vezes nós ficamos P. da vida com essas pessoas, não é? Aí brigamos, discutimos, queremos ferir o outro e bagunçar o seu quarto também. Só que na verdade trata-se de amigos, que apenas estavam de passagem para nos entregar um aprendizado e partir. E aí chega o ponto! Estamos tão envolvidos, tão apaixonados, tão apegados, que deixar partir torna-se mais difícil do que continuar num relacionamento pesado.

É preciso ter cuidado para não confundir essa sede de autoconhecimento com o simples medo de sair do conforto. Pense grande, sempre! Será que você não merece mais do que está vivendo? Será que não existe alguém por aí mais compatível com sua nova e melhor versão? Ou ainda, será que você realmente precisa mudar tudo o que o outro mostrou que você precisa mudar? As vezes a tortura que você está se fazendo, de continuar num relacionamento porque acredita que ainda tem coisas pra aprender, poderia ser trocada pelo simples fato de que vocês enquanto casal talvez sejam incompatíveis. As vezes, o que é defeito para uns é qualidade para outros, lembre-se disso.

Na minha experiência particular, encarar as pessoas como anjos e os relacionamentos como passageiros, trouxe paz aos meus términos. É claro que sempre existe e existirá tristeza, dor, as vezes mágoa, períodos sabáticos e etc… é um término, oras! Fechamento de ciclo! Sempre dói! Mas aceitar que tudo é transitório no mundo dos relacionamentos, tirou das minhas costas o peso de ter que me relacionar com aqueles que já não me fazem mais bem. Por isso, desejo que saibamos a hora de priorizar o nosso bem-estar, já que nem todo mundo que vem para nos ajudar a ser melhor deverá continuar na nossa vida. E quem não deve ficar, deixemos partir. Vida é fluxo. Permita-se ganhar mais.

Bárbara Blotta
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...