sexta-feira, dezembro 30, 2016

As melhores coisas do ano sempre foram aquelas que eu não previ.


Sou das que compram o pacote de Ano-Novo com tudo que ele traz em seu imaginário: balanço de vida, reafirmação de votos, desejos manifestos e esperança de uma etapa promissora pela frente.

Faço lista de projetos e tudo mais.

Só que, quando chega o fim do ano e avalio o que consegui cumprir, descubro que o inesperado superou de longe o esperado.

As melhores coisas do ano sempre foram aquelas que eu não previ.

Então tomei uma decisão: nessa virada, não vou planejar coisa alguma e aguardar as resoluções que 2017 tomará para mim, à minha revelia.

Martha Medeiros

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...