domingo, novembro 13, 2016

Pequena, média, grande ou sem tamanho algum...


Há almas P, M, G e GG.

Almas pequenas, de discurso fácil e postura ambígua.

Almas médias, que transitam nem lá nem cá.

Almas grandes, que se agigantam diante de emoções conflituosas.

Almas sem tamanho, que não se encaixam diante de nenhuma medida.

São aquelas prontas para qualquer parada.

Aquelas para às quais o problema é sempre menor que a solução, e que geram oportunidade em vez de discutirem escassez.

Tanta gente de alma pequena que poderia ser grande.

Tanta gente de alma grande que tinha todas as razões para se apequenar.

As almas são do tamanho dos olhos que as veem.

E que venham almas extra-grandes, poderosas, e com a tenacidade do coração pronto para se agigantar a qualquer momento.

Porque gente de alma gigante não precisa de muitos motivos para brilhar.

 [ Cláudia Dornelles ]

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...