quinta-feira, agosto 14, 2014

Regras insubstituíveis que você tem que ter em casa:


Não há felicidade sem ordem. Não há ordem sem regras. Se quer ter uma família feliz, você precisa estabelecer regras claras para orientá-la, de forma a atingir os objetivos comuns.

Respeito mútuo

Os filhos devem respeitar os pais, acatando a seus pedidos, dando-lhes satisfações e cumprindo seus deveres. Os irmãos devem respeitar-se mutuamente, evitando disputas e brigas. O marido e a mulher devem amar-se e respeitar-se, resolvendo seus problemas de forma pacífica. Da mesma forma, os pais devem respeitar seus filhos, lembrando que não sua propriedade, mas indivíduos, dotados de personalidade, cheios de expectativas e vontades.

Comunicação Eficaz

A comunicação é essencial para a felicidade e progresso da família. Vivemos numa época em que é comum que as pessoas se comuniquem mais com quem está longe, por meio de redes sociais e programas de bate-papo, do que com a própria família.

Através de uma comunicação eficaz muitos problemas são evitados e solucionados. É dessa forma que demonstramos nosso apreço pela família. Precisamos nos aconselhar com eles antes de tomar decisões importantes, devemos dialogar sobre decisões que devem ser tomadas em conjunto. Devemos avisar quando formos nos atrasar. Devemos comunicar-lhes as coisas importantes que acontecem. Devemos simplesmente conversar. Com raras exceções, não há melhores pessoas com quem se pode conversar do que nossa própria família.

Observância dos horários

Esta é uma regra muito importante da qual a família depende para organizar-se.

Os membros da família devem ter horários para as refeições, para acordar, estudar, trabalhar e dormir. Sem essa regra, dificilmente haverá harmonia familiar, principalmente em famílias com filhos adolescentes. Se os horários não forem cumpridos, haverá desencontros e a observância da regra sobre a comunicaçãotambém ficará comprometida.

Nem sempre é possível fazer todas as refeições em família, mas todos devem se esforçar para estarem juntos em, pelo menos, uma refeição. Quando houver qualquer alteração nos horários, a família deve ser comunicada.

Trabalho e cooperação

Cada indivíduo dentro de uma família tem que cumprir seus deveres. O pai é o primeiro a dar o exemplo, trabalhando para sustentar a sua família. A mãe tem o dever de nutrir sua família e ensinar seus filhos. Muitas mães precisam trabalhar fora para ajudar no orçamento da família. Cabe aos filhos e ao marido cooperarem na limpeza e organização da casa. Não é justo que a mulher trabalhe fora e ainda tenha de fazer tudo sozinha em casa. Para isso, faz-se necessário que sejam delegadas as tarefas de forma clara. A implementação de um calendário de tarefas é um meio simples e que funciona.

Os filhos têm a obrigação de estudar. Quando forem adolescentes, podem trabalhar meio período para ganhar o próprio dinheiro. Enquanto são crianças, devem concentrar-se em seus estudos, podendo, através de pequenos trabalhos, ganhar algum dinheiro.

Através do princípio do trabalho e da cooperação, ensina-se aos membros da família lições que os acompanharão por toda a sua vida. Planta-se a semente da industriosidade e colhem-se os frutos da autossuficiência.

Cumprimento das leis

Quando uma família se sujeita às leis de trânsito, do país ou do município, mais bem disposta estará para cumprir qualquer outra lei, estatuto ou regra. Seus membros serão melhores profissionais e alunos, membros exemplares da comunidade em que vivem e de suas congregações religiosas.

As regras de uma família são cumpridas com mais afinco quando seus membros estão subordinados às demais leis que governam a sociedade em que estão inseridos.

Por: Erika Strassburger Borba - Via: familia.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...