segunda-feira, agosto 18, 2014

Macarrão instantâneo faz mal?


Macarrão instantâneo, mais conhecido como miojo, é aquele tipo de refeição que parece tudo de bom: é conveniente, barato e, convenhamos, gostoso!

Mas quão saudável é?

Bom, é aí que mora o problema.

O miojo, base alimentar de solteiros e estudantes, pode aumentar o risco de alterações metabólicas ligadas à doenças cardíacas e acidente vascular cerebral nas pessoas. É o que mostra um novo estudo sobre o assunto. Miojo é bom, mas não faz bem

Para chegar a essa conclusão, Hyun Shin, doutorando na Universidade de Harvard (Estados Unidos) e seus colegas analisaram a saúde e a dieta de cerca de 11.000 adultos na Coreia do Sul entre as idades de 19 e 64 anos. O estudo foi realizado lá porque é uma área conhecida por ter o maior consumo de miojo do mundo – as pessoas chegaram a consumir até 3,4 bilhões de pacotes de macarrão instantâneo em 2010 no país.

Os participantes relataram o que comeram diariamente, e os pesquisadores categorizaram a dieta de cada participante com critérios como “centrada em alimentos saudáveis” ou “centrada em alimentos fast food”, bem como o número de vezes por semana que eles comeram miojo.

Depois de acompanhá-los por um determinado período de tempo, os pesquisadores constataram que as mulheres que comiam mais miojo eram mais propensas a ter “síndrome metabólica”.

Pessoas com síndrome metabólica podem ter pressão arterial alta ou níveis elevados de açúcar no sangue e enfrentam um risco maior de ter doença cardíaca, derrame e diabetes. Nada bom, não é?

Quanto aos homens, Shin e seus colegas descobriram que as diferenças biológicas entre os sexos, como o efeito de hormônios sexuais e do metabolismo, pode explicar a falta de uma aparente associação entre comer macarrão instantâneo e desenvolvimento de síndrome metabólica neles.

Ou seja…

Apesar de miojo ser um alimento prático e delicioso, ele vem com um brinde que é melhor a gente recusar. De acordo com Shin, o alimento contém altos teores de gorduras saturadas e carga glicêmica, e todos esses fatores podem contribuir para problemas de saúde.

Isso não significa que cada pessoa vai reagir da mesma forma e obrigatoriamente vai desenvolver problemas de saúde ao consumir miojo. Mas temos que ter em mente que não se trata de um alimento saudável. É na verdade um alimento processado que, preferencialmente, não deve ser a base alimentar de ninguém.

Alimentos processados geralmente contêm grandes quantidades de açúcar e de sal, principalmente porque eles são projetados para ter uma vida útil longa.

Ainda quer comer miojo?

Tudo bem, não precisa largar mão do miojo para sempre. Mas tome alguns cuidados, como:

Não coma todos os dias;
Incremente a receita.

Uma boa ideia é misturar legumes frescos ou outros alimentos saudáveis e não processados.

Fica até com um toque gourmet;
Lembre-se do macarrão tradicional.

Não é tão mais difícil assim de preparar, não é? Se você caprichar, pode ficar até muito mais gostoso.

[LiveScience]

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...