segunda-feira, junho 09, 2014

Os verdadeiros benefícios da berinjela


Corre a boca miúda, ou nem tão miúda assim, que são vários os benefícios da berinjela, como abaixar o colesterol e triglicérides, emagrecer, tirar dores nas juntas, melhorar o funcionamento do intestino, controlar a pressão arterial, e por aí vai.

Vamos ver o que dizem, o que está comprovado e o que a berinjela realmente tem para oferecer, tentando não falar muita abobrinha… bom, esse já é outro vegetal! Vem comigo!

Propriedades nutricionais da berinjela

A berinjela, de fato, é rica em minerais e vitaminas como o magnésio, cálcio, zinco, potássio, vitamina C, B2 e B1. Sua casca tem antocianinas, proantocianinas e flavonoides, que se acredita reduzir a produção de radicais livres e possuir propriedades antioxidantes.

É um alimento de baixíssima caloria e alta concentração de fibras (100 g tem apenas 20 kcal e 2,9 g de fibras solúveis e insolúveis), e tem na sua composição 92% de água, o que a torna uma aliada da sua dieta.

Benefícios da berinjela para a saúde

Por ter minerais e vitaminas, a berinjela é um alimento que ajuda o bom funcionamento do organismo. Sua alta concentração de fibras ajuda o funcionamento do intestino (lembrando que a dupla fibra/água é indispensável para isso) e também dá saciedade (fibras insolúveis retardam a digestão), o que pode ajudar a reduzir a ingestão calórica e, consequentemente, à perda de peso (o efeito diurético também ajuda o ponteiro a descer).

Outros benefícios atribuídos à berinjela

Ela tem fama de (além das que já falamos) de abaixar o colesterol, triglicérides, ácido úrico (responsável pelas dores nas juntas) e controlar a pressão arterial.

De fato, estudos indicam que o suco da berinjela é capaz de reduzir a absorção do colesterol ingerido na alimentação, mas não há evidencia que ele reduza o colesterol já depositado nas artérias.

Em relação ao ácido úrico, triglicérides e pressão arterial, parece não haver nenhuma evidência de sua eficácia. Mas não podemos negar que a berinjela é uma ótima alternativa para compor uma dieta saudável e gostosa. Só não vale achar que ela vai fazer milagre sozinha, a ponto de deixar a medicação de lado ou fazer uma maluquice de dieta da berinjela, ou, ainda, esperar que a sua água resolva todos os seus problemas.

Formas de consumo da berinjela

Muitos nutricionistas recomendam que ela seja consumida cozida ou assada (frita nem pensar), acreditam que o consumo da berinjela crua pode trazer problemas gastrointestinais.

Ela também pode ser consumida na forma de farinha, cápsulas, sucos e em receitas deliciosas. Lembrando que muitas receitas de berinjela carregam na gordura, molhos e queijos, portanto não espere tantos benefícios da pobrezinha em uma lasanha cheia de gordura, e se tirar a casca, saiba que parte dos nutrientes também se vai.

Agora, se a sua comadre jura que o colesterol dela despencou tomando a água de berinjela em jejum, talvez você não tenha muito a perder por tentar. Experimentar as alternativas naturais que não são unânimes em comprovações científicas, mas que tem uma grande adesão popular, desde que acompanhada de bom senso e respaldo do seu médico, pode oferecer desde uma agradável surpresa ou, no mínimo, um ótimo aprendizado.

LAR NATURAL

Um comentário:

Zezilda Ze disse...

Olá querida tudo bem
gosto muito de visitar seu blog
então como faco reeducação alimentar
berinjela e um ingrediente que não pode faltar na minha refeição , amo berinjela
e me sinto muito bem eu faco cozida no vapor.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...