sexta-feira, novembro 29, 2013

Aparência?


Aparência? 

Não! Ela não sustenta afeto algum. 

Não! Ela não atrai amigos mais sinceros. 

Ela sabe conquistar, mas talvez não transcender! 

Ela enche os olhos, mas não nutre, sendo ela apenas exterioridade. 

Não há nada novo entre o céu e a terra! 

Menos endeusamento... 

Não queremos viver de aparência, mas sim de essência, leve, suave e lúcida! 

É o discernimento da idiossincrasia que dissipa a nossa vaidade; 

A beleza é dádiva, mas também maldição. 

Necessitamos ser sábios e humildes, para reconhecer que merecemos honras, por nossos atos, nossas intenções, por nossos feitos e contribuições ao mundo. 

Não precisamos nos expor ao ridículo: de querer 'tirar proveito' da aparência encaixada nos 'padrões', padrões estes criados por qualquer idiota que esqueceu de falar que a beleza real vinha mesmo era do coração. 


Micheli Carvalho

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...