sábado, maio 19, 2012

O jeito certo de furar a orelha


Saiba quais são os cuidados necessários, como e onde você pode fazer o procedimento

Antigamente era normal furar a orelha do bebê recém-nascido ainda na maternidade ou depois nas farmácias. Hoje, cada hospital tem sua própria regra e a ANVISA, órgão que regulamenta serviços de saúde no Brasil, permite que o procedimento seja feito em farmácias apenas com aparelhos específicos que utilizam o brinco para fazer o furo. Agulhas e outros objetos perfurantes são proibidos.

Veja os cuidados que você precisa ter para furar a orelha do seu filho:

- Enfermeiros, acupunturistas, farmacêuticos e até pediatras podem fazer o procedimento.

- O recém nascido sente menos dor, porque tem a cartilagem muito fina. Por isso, os médicos recomendam esperar 15 dias e já fazer o furo.

- Dê preferência a brincos de ouro maciço ou aço inoxidável, que são hipoalergênicos.

- O furo deve ser feito com o próprio brinco ou uma agulha no lóbulo, onde não tem cartilagem, para evitar infecções

- Limpe bem o local com álcool antes de furar e depois por até dois meses. Gire o brinco para limpar e não deixar acumular resíduos.

- Observe se não há sinais de infecção, como vermelhidão e crostas, e consulte o pediatra se eles aparecerem.



Fontes: Gislainy Nieto, neonatologista chefe da UTI neonatal do Hospital Santa Brígida (Curitiba-PR), e David Nisenbaum, pediatra do Hospital Infantil Sabará (SP)

CRESCER
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...