domingo, setembro 25, 2011

"Eu não sei o que quero ser, mas sei muito bem o que não quero me tornar"


Cultura é o que fica depois de se esquecer tudo o que foi aprendido.

André Maurois



Quando eu penso que já vi tudo relacionado a suculentas, vem alguém e me mostra que ainda há como inventar. A designer americana Alissa Rose faz pequenos furos em rolhas de vinho e planta os miniexemplares com terra. Como a suculenta precisa de pouquíssima terra, pode viver tranquilamente nestas condições. Alguém se candidata a fazer igual?


No jardim da paisagista Renata Tilli, ao lado da arbustiva costela-de-adão fica o balanço de madeira, sustentado pela figueira e feito no ateliê da moradora. Virou o grande sucesso entre as crianças da família


Pateo Arquitetura e Paisagismo, criaram esta área infantil no jardim. O pergolado sustenta os balanços de plástico, que ficam protegidos pela sombra da ipomeia-rubra


O universo dos seres das florestas e das flores surge estilizado no quarto, dividido entre duas irmãs. Está na marcenaria de MDF revestida com folhas de freijó, que lembra a cor de troncos de árvores, e nas heras artificiais que envolvem a estrutura de corda do pequeno banco de balanço sob as camas

CASA E JARDIM

maria tereza cichelli
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...