quinta-feira, março 03, 2011

"Somos feitos de carne, mas temos que viver como se fossemos feitos de ferro.'



Sigmund Freud



Mostrando tudo

O efeito ao expôr uma coleção ou um conjunto de objetos é sempre bonito. Normalmente usamos as prateleiras e estantes, hoje navegando por aqui, acabei encontrando algumas diferentes maneiras que mostra como podemos exibir nossas peças prediletas.

COPY&PASTE



Improviso no porta-copos

As tampas de geleia com estampa xadrez são tão bonitinhas, que não dá vontade de jogar fora. Ainda bem! Na mesa, elas podem virar porta-copos supercharmosos.

CASA E JARDIM



Cuidado com a piscina

Já ouvi alguns casos tristes sobre animais e piscinas. O curioso é que são sempre iguais: o bichinho cai sem querer na água – quando está perseguindo algum inseto ou com sede – e não consegue subir, pois a borda não oferece nenhum suporte e geralmente é alta para ele. Depois de nadar um tempão, o animal cansa e se afoga. Que dó! Até a Lila, labradora do meu pai, já passou por um apuro desse.

Então, não dê bola para o azar. Se a sua casa tem piscina, garanta que o seu animal não tenha acesso a ela ou que, pelo menos, saiba se virar caso caia na água sem ninguém por perto. Uma opção é cercar a área de lazer. Existem cerquinhas lindas de madeira ou de ferro que vão deixar o espaço ainda mais bonito.

Outro jeito de deixar a piscina segura para os peludos é pensar, desde o começo do projeto, em uma escada submersa. Assim, é possível sair da água sem nenhum estresse. Se a piscina está pronta e não há tempo nem $$ para uma reforminha, vale optar por um acessório que, acoplado aos degraus da escadinha, dá o apoio perfeito para o bichinho sair da piscina

BICHO EM CASA



O nascimento dos primeiros dentes

Veja quando isso deve acontecer e o que fazer para aliviar o desconforto na gengiva do seu filho

Segure a sua expectativa. O primeiro dente do seu filho pode aparecer entre 4 e 10 meses – mas essa é apenas uma estimativa, e não uma regra. Alguns bebês vão ter o primeiro dente com 3 meses, e outros podem completar 1 ano sem ter nenhum.

Os especialistas afirmam que até os 16 meses a criança deve ter cerca de oito dentes e, no segundo ano, 20. Bebês prematuros podem demorar um tempinho a mais. Quando os dentes começarem a nascer, você vai perceber que seu bebê ficará irritado, querendo colocar tudo na boca para aliviar a dor e a coceira.

A salivação também vai aumentar – e ele vai babar (ainda!) mais. Deixá-lo com babador vai facilitar muito. Outros sinais podem aparecer, como algum tipo de machucado, sangramento ou inchaço, e até febre.

Se você notar algum desses problemas, converse com o pediatra. Se não nascer nenhum dente até seu filho completar 1 ano e meio, procure um odontopediatra. Ele pode pedir um raio X para saber se há algo errado.

Fonte: Gerson Matsas, odontopediatra do do Hospital Samaritano (SP)

maria tereza cichelli
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...