domingo, fevereiro 13, 2011

Só aprendemos o valor da água quando o poço está vazio.



Thomas Fuller



Caipifruta Brisa

Rendimento: 1 copo
Tempo de preparo: 3 minutos

Ingredientes

150 ml de água de coco
3 folhas de hortelã
120 ml de saquê
2 colheres (sopa) de açúcar
3 pedras de gelo

Modo de preparo

1 Triturar o hortelã com o gelo na coqueteleira.
2 Acrescentar a água de coco, o saquê e o açúcar e misturar na coqueteleira.
3 Colocar em copo de caipirinha, decorar com uma lasca de casca do coco-verde e servir.

casa e jardim



Sexo: A primeira vez... depois do nascimento do bebê

Como despertar o prazer - nele e em você - e lidar com os imprevistos que podem surgir nessa hora

1. Aproveite as brechas enquanto seu bebê está dormindo para ficar com seu companheiro. Vale assistir a uma série de TV juntos (porque ver um filme completo com um recém-nascido em casa é quase missão impossível), trocar cafunés, fazer uma massagem com um óleo gostoso. O importante é criar bons momentos a dois (e a sós, na medida do possível).

2. Divida os cuidados com o bebê. OK, você cuida da amamentação, mas ele pode ajudar você com as demais tarefas, como dar banho, colocar para arrotar, pôr a roupa suja para lavar. Além de deixá-la menos sobrecarregada, e assim, cansada, você vai sentir que ele está nessa nova fase junto com você, e essa cumplicidade é importante para o desejo se restabelecer.

3. Os sutiãs de amamentação não são os mais sensuais, mas você pode ter uma camisola mais picante. Ele também pode comprar roupas íntimas novas. Afinal, é a primeira vez depois do bebê. Vale o investimento.

4. Tente desencanar das preocupações com o seu corpo. Você acabou de ter um bebê e, como qualquer outra mulher nessa fase (menos as celebridades, elas não contam!), pode levar até um ano para ter o corpo de volta. Está tudo bem. Seu companheiro também sabe disso. O mais importante é ter a liberação do seu ginecologista, o que acontece de 30 a 40 dias depois do parto. O mesmo vale para quem precisou fazer episiotomia, um corte que é feito na região do períneo (entre a vagina e o ânus) para aumentar o canal de parto.

5. Prepare-se para os imprevistos – e não, não é com o bebê. Dificuldade para conseguir a lubrificação ideal é comum. Invista nas preliminares: sexo oral e masturbação. Tenha um gel lubrificante à base de água por perto para contornar essa dificuldade e para driblar a sensibilidade na área. A posição tradicional, com você por baixo, não é boa para quem fez cesárea porque o peso pode incomodar a cicatriz. Acredite, pode vazar um pouco de leite dos seios. Como essa região é uma superfonte de prazer, não desista deles. É só deixar avisado que isso pode acontecer.

6. E se o bebê chorar? Aí... precisa ter paciência para recomeçar. Um dos dois corre para acalmar o bebê enquanto o outro troca de música e acende algumas velas.

Fontes: Carolina Fernandes, psicóloga, do Instituto Paulista de Sexualidade (SP), e Cássio Cartório, ginecologista e obstetra, do centro de fertilidade de Rede D’OR (RJ)



Salsichinhas aperitivo

Ingredientes:

¾ xícara (chá) de queijo prato ralado fino (120g); ¼ xícara (chá) de margarina (50g); ¾ xícara (chá) de farinha de trigo (120g); sal e pimenta do reino a gosto; 20 salsichinhas aferventadas (ou linguiça defumada aferventada); mostarda clara a gosto (ou catchup ou maionese ou mostarda escura).

Modo de preparar:

Numa tigela, coloque queijo prato, margarina, farinha de trigo, sal e pimenta do reino. Com as mãos, misture bem até formar uma massa lisa e homogênea. Pegue a massa, coloque entre dois sacos plásticos e, com a ajuda de um rolo, abra-a bem fina. Corte retângulos de cerca de 4cm x 8cm. Com a ajuda de uma espátula, pegue um retângulo de massa e pincele mostarda clara a gosto (ou catchup, maionese, mostarda escura...). Envolva uma salsichinha na massa de modo que a massa fique em volta da salsichinha e as pontas (da salsichinha) fiquem à mostra. Enrole e vá colocando em uma assadeira untada. Repita o procedimento até terminarem os ingredientes. Leve ao forno a 180°C por 20 minutos ou até dourar. Sirva em seguida.

Crédito: "Mais você"

maria tereza cichelli
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...