quarta-feira, fevereiro 02, 2011

"Porque os homens são anjos nascidos sem asas, é o que há de mais bonito...! Nascer sem asas e fazê-las crescer."


Nesta vida temos três professores importantes: o 'Momento Feliz', o 'Momento Triste' e o 'Momento Difícil'. O 'Momento Feliz' mostra o que não precisamos mudar. O 'Momento Triste' mostra o que precisamos mudar.O 'Momento Difícil' mostra que somos capazes de superar

Mário Quintana



Tudo o que você precisa saber sobre sexo durante a gravidez

Futuros papais e mamães já podem respirar aliviados: segundo um estudo canadense, sexo durante a gravidez é seguro, na maioria das situações. A notícia vale para as mulheres com gestação de baixo risco, na qual o casal pode praticar à vontade, caso sintam-se confortáveis.

Em geral, os parceiros temem que o sexo possa desencadear parto prematuro ou machucar o bebê. A pesquisa revela, no entanto, que não há nenhuma razão para se preocupar. A única exceção é para as gestações de alto risco. Nesses casos, os estudos são raros e contraditórios – o mais seguro é evitar qualquer tipo de relação sexual, além de conversar o seu médico a respeito.

Apesar das incertezas que envolvem essas pesquisas, os autores apontam algumas situações que podem influenciar a decisão do casal. Mulheres que têm histórico de parto prematuro ou que estão carregando mais de um bebê em sua barriga, por exemplo, devem tomar cuidado.

Outra situação de risco é quando a futura mamãe apresenta placenta prévia, situação em que a placenta se implanta no colo do útero. Nesse caso, a introdução do pênis, de um dedo ou até mesmo de algum brinquedinho sexual pode atingir a placenta, causando sangramentos e hemorragias.

O sexo oral durante a gravidez também apresenta algumas particularidades. Segundo os pesquisadores, a mulher deve se certificar que o homem não sopre ar diretamente na vagina, com o risco de que a entrada súbita de ar possa atingir a corrente sanguínea da mulher no útero e bloquear um vaso sanguíneo. A condição, chamada de embolia aérea, é extremamente rara, mas pode ser fatal para a mamãe e para o futuro bebê.

Por fim, sendo a gestação de alto risco ou não, é importante lembrar que ela não oferece nenhuma proteção contra infecções e doenças sexualmente transmissíveis, que podem causar problemas à mulher e serem transmitidas ao feto. Em resumo, durante a gravidez, sexo seguro é essencial.

[LiveScience]

maria tereza cichelli
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...