domingo, setembro 05, 2010

AMIGA DA NATUREZA


Horta 100% caseira

Comer verduras, legumes e ervas fresquinhas colhidas no jardim de casa não deve ser privilégio de quem mora em um sítio no interior. As hortas podem ser adaptadas ao seu espaço e aos seus recursos. Até um vasinho pode cultivar os ingredientes do seu almoço! Todos ganham com a iniciativa: você economiza na feira e tem a certeza de consumir produtos livres de agrotóxicos, enquanto o meio ambiente não recebe produtos químicos e não tem seus solos e água explorados.

Antes de escolher o que plantar na sua hortinha, preste atenção em alguns detalhes: o local deve ser de fácil acesso e estar próximo a fontes de água, como uma torneira ou uma mangueira e a plantação deve estar voltada para o norte para receber mais luz. Além disso, procure escolher o lugar que mais pega sol no seu jardim ou na sua sacada.

A temperatura e a quantidade de chuva são determinantes no desenvolvimento de uma planta. Faça uma seleção que combine com a região onde você mora e com a estação do ano. Os tempos de crescimento de cada fruta, de cada verdura e cada legume são diferentes, assim como as estações em que cada um deve ser plantado para crescer.

Algumas espécies como alface, cebolinha, salsa e cenoura podem ser cultivadas durante todo o ano. As embalagens de sementes costumam ter informações específicas sobre a planta podem te ajudar. Não se esqueça de manter seus animais de estimação longe da horta se você quer ser a primeira a provar os alimentos que você mesma cultivou!

Consumo consciente

Sujou seu jeans? Coloque-o no freezer! Já imaginou não precisar de água e sabão para conseguir uma roupa limpinha? Cientistas alemães não só imaginaram como fizeram isso acontecer. Eles desenvolveram um que só precisa ser colocado no freezer para ficar sem sujeiras ou bactérias. Em doze horas sua roupa estará limpa! A ideia é economizar água e evitar a poluição de rios com a espuma sabão em pó provoca.

Consciência em dobro

Os saquinhos plásticos, utilizados em supermercardos e lojas, podem demorar até 40 anos para se decompor na natureza. Estes “vilões” entraram na lista negra de mais uma grande loja brasileira: a Kalunga está vendendo sacolas ecológicas feitas a partir de garrafas PET em suas lojas e no seu site. São cinco modelos diferentes com estampas que incentivam a reciclagem. Você pode escolher entre as cores verde, laranja, azul e preta.

Fonte: Revista Vitta


maria tereza cichelli
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...