quarta-feira, agosto 11, 2010

Velho Tema, a Saudade


Quem não a canta? Quem? Quem não a canta e sente?
-Chama que já passou mas que assim mesmo é chama…
A Saudade, eu a sinto infinda, confidente.
Que de longe me acena e me fascina e chama…

Mágoa de todo o mundo e que tem toda gente:
Uns sorrisos de mãe… uns sorrisos de dama…
Um segredo de amor que se desfaz e mente…
Quem não os teve? Quem? Quem não os teve e os ama?

Olhos postos ao léu, altívagos, à toa,
Quantas vezes tu mesmo, a cismar, de repente
Te ficaste gozando uma saudade boa?

Se vês que em teu passado uma saudade adeja,
-Faze que uma saudade a ti seja o presente!
-Faze que tua morte uma saudade seja!

[Jorge de Lima]

Encontros & Desencontros



Gripe suína: diminuiu o perigo

A pandemia mundial acabou, segundo a OMS, mas a doença ainda existe. Veja quais cuidados tomar para continuar protegendo você e a sua família

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou hoje, 10 de agosto de 2010, que a disseminação do vírus H1N1, causador da Gripe Suína está em fase pós-pandêmica. Durante quase um ano e meio a entidade indicava ao mundo um alerta de nível 6, o mais alto de todos, para a doença.

Na prática isso significa que não há mais um perigo tão alto de contaminação, embora ainda possam ocorrer epidemias em algumas partes do mundo. O vírus deve continuar a circular no ar pelos próximos anos, mas atuará como o da gripe comum ou sazonal, afetando as pessoas mais intensamente durante o inverno. A OMS alerta que as ações preventivas devem continuar, especialmente em relação aos grupos mais vulneráveis para desenvolver formas graves da doença, como gestantes, portadores de doenças crônicas e crianças menores de dois anos.

As medidas de prevenção são simples e as mesmas usadas para evitar o contágio de outras gripes. Durante o inverno, com temperaturas mais baixas, há tendência para ficar em lugares mais fechados, o que aumenta a proliferação não só do vírus H1N1 como de outros. Por isso deve-se evitar aglomerações. A higiene também é fundamental: lave as mãos com água e sabão (especialmente ao tossir ou espirrar), evite tocar olhos, nariz ou boca (já que os germes se propagam por essas vias) e fique em casa se estiver doente, para evitar a transmissão do vírus para outra pessoa.

CRESCER





Qualquer coisa pode virar brinquedo...


Quarto para gêmeos


Baldinhos com amêndoas"a condizer"; lindos para dar na maternidade...

BEBÊ COM ESTILO



Olha que mesa mais-sem-nada-demais e linda!! amei!!!!


Olha que graça essa idéia para marcador de taça!!

AMARELO OURO



DECORAÇÃO COLORIDA: PRO DIA NASCER FELIZ!


Cores usadas...


Olha que lindo e calmante...

ACHADOS DE DECORAÇÃO



Estrutura de ferro, com encosto almofadado.


Mantendo a ordem


Bolo de Caneca

Para um dia cinzento, nada melhor que um bolo gostoso, rápido e fácil de fazer.

Ingredientes:
1 ovo pequeno
4 colheres (sopa) de leite
3 colheres (sopa) de óleo
2 colheres (sopa) rasas de chocolate em pó
4 colheres (sopa) rasas de açúcar
4 colheres (sopa) rasas de farinhas de trigo
1 colher (café) rasa de fermento em pó

Preparo:

Coloque o ovo na caneca e bata com um garfo.
Acrescente o óleo, o açúcar, o leite e o chocolate em pó e bata mais.
Acrescente a farinha de trigo e o fermento, e mexa delicadamente até incorporar.
Leve ao microondas por 3 minutos em potência máxima.

Importante: Utilize sempre uma caneca de 300 ml.
As medidas da colher são sempre rasas.

UNIVERSO EM CORES


Cintura larga aumenta risco de morte prematura, diz estudo

Um estudo divulgado nos Estados Unidos indica que pessoas que têm cintura larga têm uma chance maior de morte prematura, independentemente do IMC (índice de massa corporal, que mede a relação entre peso e altura).

A pesquisa da American Cancer Society sugere que cinturas maiores do que 110 centímetros nas mulheres e 120 centímetros nos homens dobram o risco de mortalidade em relação aos homens com cinturas menores do que 90 centímetros e mulheres com cinturas menores do que 75 centímetros.

Os pesquisadores analisaram dados de mais de 100 mil homens e mulheres com mais de 50 anos ao longo de nove anos.

O estudo também sugere que, entre as mulheres, a ligação entre cintura larga e maior risco de morte é maior entre aquelas com peso considerado normal.

Entretanto, os autores da pesquisa dizem mais estudos são necessárias para determinar a causa dessa relação entre cintura larga e mortalidade.

Causa de morte

O estudo, divulgado na publicação especializada Archives of Internal Medicine, analisou dados de 48.500 homens e de 56.343 mulheres, predominantemente brancos. No início do estudo, a idade média dos homens era de 69 anos, e das mulheres, 67.

Durante os nove anos do estudo, 9.315 homens e 5.332 mulheres morreram.

Os pesquisadores notaram que o risco de morte aumentava conforme o aumento da circunferência da cintura, independentemente de a pessoa ter peso normal, estar acima do peso normal ou de ser obesa.

A análise indicou um aumento significativo do risco entre os homens com cinturas maiores do que 110 centímetros ou em mulheres com cinturas a partir de 95 centímetros.

Mas apenas em homens e mulheres com cinturas muito largas (acima de 120 centímetros para homens e acima de 110 centímetros para mulheres) o risco de morte dobrou.

A causa mais comum de morte foi insuficiência respiratória, seguida de doenças cardiovasculares e depois câncer.

“Nossos resultados sugerem que, independentemente do peso, evitar o aumento na circunferência da cintura pode reduzir o risco de morte prematura”, conclui o estudo.

BBC

maria tereza cichelli
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...