domingo, agosto 01, 2010





DECORANDO COM FAZ DE CONTA

Gente!!! Faz de conta que...a gente pode escolher o que quiser; pode olhar para a foto e dizer: "manda entregar lá em casa". Então, se fosse assim, com qual ambiente decorado você ficaria?

Aproveitando que hoje é Domingo, escolhi este "cantinho" pra sonhar...Nada é impossível, basta ACREDITAR...

maria tereza cichelli



Tinta para renovar a cama

A cama oriental foi herança de família, mas, no estado original, não combinava tão bem com o resto da decoração do quarto do casal. Para solucionar o problema, os moradores optaram por pintá-la de preto, deixando-a com uma aparência mais moderna.




Pintura na parede

Os trabalhos feitos à mão trazem a dedicação da habilidade de alguém. No quarto, a designer de interiores Maristela Gorayeb dispensou papel de parede e pintura comum para investir em um trabalho autoral. A arte de um piquenique na relva é assinada pelo artista José Munhoz.



Coxinha Thai: receita une salgado brasileiro e temperos orientais

Ingredientes

Massa
1 kg de mandioca cozida e amassada;
1 xícara de queijo parmesão ralado;
2 ovos;
1 colher (sopa) de manteiga;
sal;
farinha de trigo o quanto baste para dar o ponto;
farinha de rosca;

Recheio
1 kg de peito de frango picadinho na ponta da faca;
1 cebola média ralada;
2 colheres (sopa) de curry em pó;
1/3 xícara de óleo de milho;
1 colheres (sopa) de gengibre bem picado;
1 colher (sopa) de folhas de manjericão picadas;
1 xícara de caldo de frango;
2 colheres (sopa) de óleo de gergelim;
3 colheres (sopa) de açúcar mascavo.

Modo de preparo
1. Para fazer a massa, misture todos os ingredientes, menos a farinha de rosca, e leve ao fogo para dar o ponto. Reserve.

2. Tempere o frango com sal e pimenta. Reserve.

3. Refogue a cebola com o curry no óleo de milho e de gergelim misturados. Junte o frango e refogue até secar. Acrescente as folhas de manjericão, o caldo, o gengibre e o açúcar.

4. Cozinhe em fogo médio até secar o excesso de líquido, mas a mistura ainda ficar úmida. Acerte o sal e a pimenta e, se necessário, acrescente um pouco de água.

5. Molde as coxinhas e passe na farinha de rosca.

6. Frite, em imersão, em óleo bem quente.


Tempero especial

Experimente servir o molho da salada em porções individuais acondicionadas em vidros pequenos reaproveitados, como os de leite de coco e os de shoyu. Ainda que você não tenha preparado nada muito diferente da básica mistura de azeite, vinagre (ou aceto balsâmico) e sal, a bossa vai fazer com que o almoço pareça mais gostoso do que nunca

CASA E JARDIM



Volte às aulas pensando na sustentabilidade

Em uma época de tanto consumo, você pode - e deve - controlar o exagero. Confira nossas dicas para ser um consumidor consciente

Material escolar

- O primeiro passo é pensar no que vai na mochila de seu filho. Verifique o que sobrou do ano passado e que pode ser reutilizado. Mesmo assim seu filho insiste em comprar uma mochila ou lancheira nova? A saída, então, é doar aquela mais antiga. “Compre para ele o novo produto, mas com a condição de doar o mais antigo para outra criança. Assim, além de ajudar outra pessoa, você ainda estimula a criança a cuidar do que já tem”;

- O mesmo vale para os livros, que podem se trocados com irmãos mais velhos, amigos, vizinhos, primos e os próprios colegas da escola. Uma idéia é o chamado “brechó de livros”. “Aqui no colégio, os pais doam um livro antigo e ganham um vale para adquirir outro exemplar. É uma boa maneira de estimular a circulação dos livros entre os alunos e os cuidados com o material, que precisa estar em bom estado para outra criança usar”.

-Dê preferência para cadernos de papel reciclado e lápis produzidos com madeira certificada ou com materiais mais ecológicos.

Transporte

- Um dos principais problemas na época da volta às aulas é o congestionamento próximo às escolas. Então, se você mora perto, por que não levar seu filho a pé? Se ele é muito pequeno e logo fica cansado, então opte por levá-lo no carrinho ou no sling.

- Mora longe? Então, organize-se com outros pais para um sistema de rodízio. Enquanto um leva, o outro busca. “A escola pode ajudar promovendo encontros entre os pais com esse propósito. Estimular a sociabilidade também é um papel dos colégios”.

Lanche

- Na hora de preparar a lancheira, dê preferência aos squeezes para levar o suco e potes plásticos para armazenar o sanduíche ou a fruta. E não esqueça de chamar seu filho para ajudar nessa tarefa. Com isso ele vai entender por que você escolheu determinado alimento ou embalagem. “Aos poucos, quase sem perceber, a criança acaba aprendendo os conceitos de consumo sustentável e como uma atitude dela influencia na vida de outras pessoas”.

-Não deu tempo e o suco vai ser de caixinha ou de latinha mesmo? Então, mostre para ele que esses materiais devem ser separados para reciclagem. A própria escola pode informar a criança onde é o lugar mais adequado para descartar determinado tipo de lixo;

- Mande, também, uma caneca para ele tomar água durante o dia e evitar os copos plásticos. Muitas escolas, inclusive, estimulam esse comportamento. “Até mesmo os professores podem ter sua própria caneca”.

CRESCER



Para economizar embalagens, compre itens não perecíveis a granel e use produtos com refil

DICAS



Saber não ter ilusões é absolutamente necessário para se poder ter sonhos.

Fernando Pessoa


maria tereza cichelli
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...